Ler dados via console no Java

Para quem está iniciando no Java e está criando aplicações apenas no console esta é uma dica bem útil.
Quem está vindo do C ou C++, existem as funções scanf e cin para ler dados digitados no console, no Java também tem, só que não é tão simples quanto as outras linguagens, porém também não é um bicho de sete cabeças hehehe. Vamos lá:

A leitura de dados via console é feita através da classe Scanner. Para usá-la basta importar através do seguinte código:

import java.util.Scanner;

Para exemplificar o uso dela, abaixo um exemplo de programa que lê um inteiro e o imprime na tela:

import java.util.Scanner;

public class Principal {
public static void main(String args[]) {
Scanner scanner = new Scanner(System.in);
int num = scanner.nextInt();
System.out.println("Voce digitou: " + num);
}
}

A leitura é feita através do método nextInt(), se você quiser ler outros tipos de dados basta trocar a palavra Int por Char, para ler um char. Mas se você quiser ler uma string, o método chama-se nextLine().

🙂

Anúncios

Nano – Um editor simples para linux.

Se você é como eu que programa no terminal e gosta de editores leves e práticos, eis o Nano.

Carregando um arquivo com o Nano

Para executar o Nano, basta abrir uma tela do terminal e digitar:

nano

O nano em execução

Ao executá-lo, basta ir digitando o texto e quando terminar, para salvá-lo basta usar a combinação de teclas Ctrl+O. Na imagem acima, nota-se que abaixo tem uma série de opções, para acessa-las basta utilizar a tecla Ctrl (representada pelo caracter ^) + a letra indicada.

O Nano pode ser usado para editar arquivos de configuração, programar entre outras utilidades. Vai da sua imaginação hehehe.

Usando o Nano para programar 🙂

Abraços e até mais.

Executando programas externos com o Delphi

Esta é uma dica bem simples. Para executar um programa externo via delphi, existe a função WinExec. Sua sintaxe é a seguinte:

function WinExec(cmdLine: PAnsiChar, uCmdShow: cardinal): cardinal;

No primeiro parametro passamos o nome do executável e no segundo é passado um valor numerico (0,1 e 2) que irá definir em qual modo o programa será aberto (maximizado, minimizado ou normal).

No exemplo abaixo, vamos abrir a calculadora do Windows:

procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
begin
WinExec('calc.exe', 0)
end;

Simples não é?

See ya and happy hacking! 🙂

Navegadores. Qual você prefere?