Programar é praticar.


Muitos me perguntam como eu me tornei “fera” (não que eu seja, longe disso) em programação e sempre respondo: praticando.

É muito comum eu ver na faculdade pessoas que acham que ao entrar no curso já se tornarão programadores de verdade, algumas que logo irão se sentir frustradas e trocarão de curso no fim do semestre. É bem verdade que pode haver outras causas, professores que não motivam os alunos ou uma grade curricular fraca (particularmente na faculdade onde estudo eu a considero, sorte que já sabia programar quando ingressei).

frustration-600x450_1-100521350-orig
Pois bem, além de fazer os exercícios e tarefas propostos pelo professor é sempre bom procurar desafios que não são vistos em sala. Você pode procurar por listas de exercícios, procurar sistemas ou algoritmos prontos e analisar seu código fonte (há milhares no github).

gato_guitar

Programar é como tocar violão, praticar muito é essencial.

Na medida em que você vai adquirindo prática e confiança parta para desafios mais complexos. Aprendeu a trabalhar com matrizes? Desenvolva um sudoku ou jogo da velha. Programar jogos (mesmo que seja no console) é uma ótima maneira de utilizar tudo o que você aprendeu.

Por fim, se você está começando agora não desista! Lembre-se que os erros fazem parte do processo e ajudam na sua formação.

Se você quer aprender a programar on-line de forma interativa, existem vários sites que podem te auxiliar:

http://www.codecademy.com/

http://www.codeschool.com/

http://www.khanacademy.org/cs
Abraço e até a próxima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s